domingo, 20 de setembro de 2015

Buenos Aires em 7 Dias {#5}

Quinto dia da viagem e já estou sentindo aquela depressão: "Só falta mais 2 dias, não quero ir embora!"
Sobre esse dia foi "tri-legal" e "bem da hora". Uma mistura de gaúchos com paulistas com cariocas e um argentino que deu super certo.
Passamos momentos da tarde passeando por Puerto Madeiro, um lugar legal com umas vistas e praças ótimas para suas fotos do facebook, aproveite, e sem, contar no fato de que é um bairro histórico.
Logo após esse passeio breve, voltamos para o hotel pois tínhamos um evento do Red Bull - Moto-Cross. E depois fomos para um barzinho comer, afinal estava geral quase caindo de fome. Esse sem dúvida alguma foi o momento mais interativo que tivemos, ninguém com o celular na mão vivendo em seu próprio mundinho, aplausos para esse grupo seleto! O papo rendeu até às 01h da matina, cantamos parabéns em vários idiomas, na verdade cantamos em português nos outros tentamos, agora se deu certo é outra estória.
Por mais estranho que isso possa parecer, não andamos muito! Glórias!

Até o próximo post!

sábado, 19 de setembro de 2015

Buenos Aires em 7 Dias {#4}

O 4° dia foi voltado para as caminhadas, se você tem disposição para andar vai adorar esse dia! Pegamos o metro com uns amigos brasileiros que conhecemos no hotel junto com a nossa guia particular Lidi e fomos para o bairro Recoleta e Palermo.
Na verdade alí tudo é praticamente um ponto turístico, porque a cada esquina tinha um ângulo diferente com alguma coisa legal para "sacar una" foto. Tudo muito lindo, mas infelizmente não deu para ir em todos os lugares pois tínhamos horário para voltar. Não fizemos muita coisa apenas tiramos fotos o tempo todo, cada passo um click (esse dia vai render foto no facebook).
Fotos:
Palermo √
Recoleta √
Rosedal √
Planetário √
Flor Metálica √
Museu de Artes √
Milhões do Lugares no Caminho √
Enfim de todos os lugares que fui na Argentina lá foi o mais belo de todos!
Para fechar a noite tivemos um papo bem filosófico com três brasileiros e um colombiano que vivem aqui e eu a  brasileira tentando entender essa confusão. Falamos sobre tudo desde a origem das palavras até as constelações, agora como chegamos nesse assunto nem me pergunte, pois existem coisas que é melhor aceitar que entender!
Bem meu povo, ou melhor Eliel...rsrs

Até o próximo post!

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Buenos Aires em 7 Dias {#3}

Que venha o 3° dia! 
Esse sem dúvida alguma foi o dia mais esperado, afinal fomos ao Zoológico de Luján, exatamente aquele que você faz carinho nos felinos e alimenta alguns animais! Muito top! Ao contrário do que muitos pensam, os animais não são drogados, eles são tratados com muito carinho e o processo de criação vem desde antes de seu nascimento. Quando as felinas estão grávidas elas são colocadas na jaula juntos com os outros animais da mesma espécie para seus filhotes se acostumarem com as pessoas, no caso as vozes. E é bem comum ver um cachorro as jaulas dos filhotes ou até mesmo junto com os adultos, porque eles usam o cachorro para adestrar os felinos, porque assim com o instinto doméstico dos cães os felinos acabam se tornando mais dóceis.
É um ótimo zoológico para levar as crianças, mas infelizmente elas não poderiam entrar nas jaulas, mas vale só pelo ambiente externo onde tem muitas lhamas que comem direto da sua mão e milhões de gansos que são totalmente contrário dos gansos brasileiros, eles não atacam e a comida para ambos os animais é um saquinho que vem com milho e ração, bastante comida por apenas $10 (pesos) e a comida para alimentar o urso também é o mesmo valor, mas essa vem pouca. Essas são as atrações principais, mas lá tem outros animais como um zoológico comum.
Sobre as fotos, podemos tirar de praticamente tudo, menos nos animais exóticos, que são as cobras, iguanas e as araras, essas fotos são tiradas pelo próprio zôo (que tem fotógrafos em vários pontos), mas sobre as araras tem um vivero onde estão araras e tucanos juntos, lá você pode entrar e as crianças também para alimentá-los e tirar foto. No final do tur, passa na loja de fotos e leve as suas fotos juntos com os animais em um CD e fotos da basílica de Luján mais duas fotos impressas, por $270 (pesos) esse valor se for no pacote de $240 (reais) se não será mais caro.
A Basílica de Luján é bem parecida com a Catedral de Notre-Dame em Paris (quem sabe será meu próximo destino?). Vale muito a pena a visita pela arquitetura muito bem trabalhada e a estrutura interna também, mas é uma visita opcional, pode permanecer no zôo e depois te buscam lá, é apenas um hora de passeio.
Luján é uma província de Buenos Aires, então a distância do centro para o zôo é de uma hora mais ou menos, nesse passeio você gasta a manhã e a tarde quase toda. Perfeito! Dica importante, se puder levar lanche, leve pois a comida lá é bem cara.
Fotos:
Zoológico de Luján √
Basílica de Luján √
Starbucks √
Depois de um filminho em espanhol "Ritmo Perfecto", fechamos a noite na lanchonete Mostaza, muito gostoso e barato. E é claro que não podia faltar um chocolate quente, no Starbucks.

Até o próximo post!

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Buenos Aires em 7 Dias {#2}

Aqui vem o 2° dia da viagem! Quarta-feira bem frenética, recebemos a visita de dois amigos (agora posso chamá-los assim, afinal já me considero), fechamos dois pacotes o Complejo Tango e Zoológico de Luján.
Saímos às Ruas para começar os trabalhos de turistas... Lidi e Jolnei nos mostraram os melhores lugares para comprar alfajor e presentes mais baratos, fica a dica, no centro o melhor é na Rua Lavalle, então nos despedimos e fomos "turistar". Antes de tudo isso, me vi na necessidade de comprar um chip pra ter internet em qualquer lugar, e a melhor opção foi da Claro $60 pesos que já vem com 30 créditos, e isso tem me salvado a cada sufoco, sem contar o fato que pode postar as suas fotos no instagram "ao vivo" isso sim é ser top!
Fotos: 
Obelisco √
Teatro Colón √
Plaza Gral. Lavalle

Almoçamos na Terraza de Buenos Aires, duas empanadas (carne é bem picante, sofri) e uma coca-cola por $42.
Então fomos fazer comprinhas, afinal ninguém é de ferro. Camisa do Boca (para domingo) com o nome gravado $150, CD's de tango eletrônico $200, alfajores $68 (valores em pesos). Voltamos correndo para o hotel, porque tinha marcado com o Transfer de nos buscar para o Tango as 18h.
E por falar em tango, estou simplesmente apaixonada pelo tango, vou fazer tango quando chegar no Rio #SQN mas vontade tenho!
O pacote completo com aula de tango, jantar e um show maravilhoso foi $150 pesos. Vale muito a pena, bem aconchegante, ótimo atendimento, professor muito divertido, o Transfer te busca e te deixa no hotel e a comida é maravilhosa, o pacote te dá direito a entrada, o prato principal e a bebida (tudo liberado), só gastaria seus pesos com a "propina" ops "gorjeta" ou para comprar o material de audiovisual do Complejo Tango {cena | tango | show}, que por sinal me arrependo amargamente de não ter levado dinheiro para comprar!
Fotos:
Complejo Tango √

Este foi o 2° dia...

Obs.: estou ficando viciada em desenhos em espanhol!

Até o próximo post!

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Buenos Aires em 7 Dias {#1}

1° Dia de viagem para Buenos Aires, já começamos bem: com vôo cancelado no Santos Dumont! Felizmente foi tudo resolvido, fomos para o Galião na esperança de um embarque perfeito e livre de conexão, e assim o foi!
Chegamos no Aeroporto EZE às 20h30, loucas que irmos direto para o hotel. Distância do aeroporto até o Two Hotel é de mais ou menos 20 minutos, percurso tranquilo, via principal com quatro pistas, isso seria um sonho para os cariocas! Os poucos minutos que tive contato com a cidade, percebi que é bem parecido com o Centro do Rio tinha a sensação de que a qualquer momento o Túnel Rebouças estaria à minha frente, só que uma versão melhorada.
Tem várias opções de transportes no Aeroporto, tem o/a (não sei qual artigo usar) Transfer que juntas umas pessoas e faz uma única corrida e divide o valor pra quem for, mas o problema é que na hora não tinha ninguém pra dividir, logo peguei um táxi, um pouco mais caro mas foi mais rápido!
Two Hotel é bem localizado, com quartos compactos e funcionais! Gostei muito da estrutura, ótimo designer agora resta saber o atendimento no decorrer da minha estadia, então poderei indicar!
Amanhã tenho um encontro com uma guia bem legal que me foi indicada por uma amiga de longa data, vamos ver como ficará o meu roteiro, para essa semana?!
Até o próximo post!

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Metamorfose da Cultura Liberal - ética mídia e empresa {Deve-se Culpar a Mídia?} [Gilles Lipovetsky]

Um capítulo interessante sobre do livro Metamorfose da Cultura Liberal, ética, mídia e empresa de
Gilles Lipovetsky. Devemos culpar a mídia?!
Há muito tempo vemos e ouvimos debates sobre esse assunto, sobre os meios de comunicação estarem sempre no controle de tudo. Será que eles são realmente uma forma de controlar a sociedade? Será que somos manipulados "all the times"? Estamos vivendo uma alienação totalitária?
De fato o perfil que a mídia veicula a ideia de um poder, controle e manipulação de opiniões. Sempre com uma intensão de tornar os pensamentos, os gostos, o público uniformes.
"Temos um novo demônio responsável por todos os males: a mídia"¹.
Somos indivíduos ou massa? Provavelmente a sua resposta foi indivíduo, mas te assuste agora, a publicidade vem a cada dia se empenhando para destruir costumes locais e comportamentos tradicionais, para tornar nos tornar perfeitos padrões de consumo. Vemos constantemente o trabalho da publicidade em produzir uma felicidade conformista, materialista, mercantil e que só falta você entrar nessa "vibe". Se somos indivíduos, pensamos, agimos, gostamos de coisas diferentes, logo, como a felicidade de um pode ser a mesma que a minha!?
E como fica a Cultura? No caso da cultura é mais delicado, afinal ela engloba tudo ao nosso redor. Na TV os programas são exibidos nos horários mais tardios, o gosto do público está voltado mais para o espetáculo. Na Literatura, a venda dos livros não está maior do que as vendas do final do século XIX. Não estão mais preocupados em compreender o mundo em que se vive, mas sim em viver feliz o momento, sendo que tudo hoje, é efêmero. Como agora, muito provável estarem lançando algum aparelho melhor do que o último lançado há quinze dias. Se as coisas que nos cercam são efêmeras, então os nossos pensamentos, estio de vida, atitudes... também são! Vivemos em contante mudança.
Mídia e Individualismo! Por que consumimos a "televisão"? Porque gostamos ou por hábito?! Quer saber a verdade? Consumimos esse aparelho porque fomos doutrinados assim, aprendemos que o jornal traz a informação correta, mas se a mesma matéria estiver em algum blog ou site de algum jornalista não terá a mesma credibilidade. Precisamos ser levados a questionar mais a sua própria existência, tomar partido, manifestar-se, ao invés de aceitar e ponto final. Uma das formas de controle da mídia são as fobias, quanto mais medo mais acessível aos padrões você estará. Ouse mais!
Sociabilidade em tempos midiáticos! É notório o avanço nessa área. Muitos dirão que com o surgimento das novas tecnologias estamos nos afastando dos nossos momentos presencias. Assim, claro que não será como antes (10 anos mais ou menos), mas isso não quer dizer que a semiologia será extinta! (Rafael Rocha surtaria! rsrs). Já mencionei que somos efêmeros, então estamos em constante mudança, a mídia é uma forma de reafirmar o laço social ela seria uma extensão dos nossos membros.
Liberalismo e Democracia? Podemos notar esse lado no debate político, todos os candidatos no mesmo patamar, onde serão avaliados pelos eleitores em potencial, e o melhor (ou menos pior) se elege. Cada eleitor tem a opção de escolha, independente de partidos, mas somos seres influenciáveis. A mídia pode ser um agente da democracia, ela modera, expõe os direitos de cada um, valoriza o bem-viver individual, sempre nos sobrecarregando de informações no geral superficiais. De um modo paradoxo a mídia fornece estabilidade à ordem democrática, mesmo que seja em prol dos benefícios e prazeres privados.

Mídia não controla ou fabrica, gostos, reações, laços. Ela apenas estimula, nós que fazemos todo o resto. A produção do conteúdo não de massa para massa, mas sim de uma minoria controladora para a massa. Os nossos jovens precisam estar preparados para o futuro!

Você encontra esse exemplar nas livrarias onlines por R$ 32,00 (mas não achei nos sebos online).

¹ Página 6.

Até o próximo post!